Quais são os sinais de que o seu empreendimento pode dar errado?

De tempos em tempos, toda empresa precisa realizar uma avaliação da saúde financeira do empreendimento. Compreender de maneira clara as finanças auxilia no planejamento e assim, a chegar ao sucesso de maneira mais fácil.

questões como uma análise diária dos negócios, agilidade para sair dos problemas e criatividade são essenciais na hora de começar um negócio e ao longo do empreendimento, quando as dificuldades vão surgindo. Prestar atenção nestes sinais é imprescindível para ser bem sucedido.

Outro sinal que também pode demonstrar como o empreendimento pode dar errado é a lucratividade, qual o percentual de lucro em relação ás vendas. Caso a lucratividade esteja negativa, o negócio está dando prejuízo, para sair desta situação é necessário executar um plano de emergência para se recuperar, por isso ter um capital de giro é essencial.

Caso você necessite recorrer de maneira frequente ao capital externo, é bom prestar atenção, pois também pode ser outro indicativo de que algo não está funcionando da maneira correta. Nesta situação, avalie se o estoque está sendo bem gerido, se você está precisando pegar empréstimos com frequência e se o negócio está tendo um custo fixo elevado, maior do que você pode aguentar. Ao analisar todos estes fatores e colocar tudo na “balança” é possível analisar com clareza se o negócio vale ou não a pena.

Ao se trabalhar com varejo é essencial analisar e estar sempre atento ao Ticket Médio, já que o mesmo pode ser um importante indicador. O chamado Ticket Médio nada mais é do que o valor/quantidade média vendida por cliente feito por hora, dia ou vendedor, além de fazer um comparativo a outras operações. Este indicador é importante pois qualquer valor elevado já tem uma diferença quantitativa substancial no faturamento, o que pode ser feito principalmente através de uma oferta maior e variada de produtos.

Outro sinal recorrente, mas que não é muito levado em conta pelos empreendedores é de que se tem muitos clientes entrando no seu estabelecimento, mas poucos comprando, alguma coisa está errada, essa é a chamada taxa de conversão. Quando a taxa de conversão está ruim significa que o empreendedor não está conseguindo realizar o seu principal objetivo, já que não está fechando negócio. Para que a taxa suma é necessário investir de maneira pesada nos vendedores e analisar bem o local do empreendimento para adequar as estratégias de venda, já que shoppings, por exemplo, costumam ser mais baixas as taxas de conversão, enquanto em lojas de rua é bem melhor.