Amazon, Google e Apple disputam vendas de alto falantes inteligentes

Durante a temporada de compras do final do ano de 2017, a Amazon e o Google, que faz parte da Alphabet, reduziram o preço se seus equipamentos de alto-falantes inteligentes que respondem por comando de voz. As duas empresas acirraram a concorrência entre seus produtos, mas foi a Apple que teve maior vantagem em atrasar o lançamento de seu aparelho com função semelhante chamado de HomePod.

A redução no preço feita pelas duas empresas foram na versão menor do mesmo produto, chamados de Google Home Mini e Amazon Echo Dot, que reduziram de US$ 50 para US$ 29. Já as versões intermediárias do mesmo produto continuaram com o preço custando mais que o dobro da versão mini.

No caso da Apple, anteriormente a empresa citou que venderia o HomePod em 2017 por um valor de US$ 349. Contudo, a empresa anunciou posteriormente que o lançamento ocorrerá somente no começo de 2018, o que garante certa vantagem para a Apple em ter algo novo para apresentar.

Os analistas avaliam que o HomePod da Apple surgiu como uma intenção ousada da empresa em aumentar o número de assinaturas em seu serviço de streaming de música chamado de Apple Music. Essa estratégia poderá ser vista no Siri, o assistente de voz da Apple equipado no HomePod. O software auxiliará nas sugestões de músicas para seus usuários, o que consequentemente poderá levá-lo a assinar o Apple Music.

Com a Apple fora do caminho, por enquanto, o Google e a Amazon aguardam ansiosamente pelas primeiras avaliação de seus novos produtos, cada um deles conta com um assistente de voz chamados de Assistente Google e Alexa. A estratégia de preços menores seguida pelas duas empresas tem como objetivo implantar seus dispositivos nas casas de seus consumidores a fim de descobrir seus hábitos de compra e poder desenvolver mais dispositivos que auxiliam seus consumidores.

O analista sênior Paul Erickson da IHS Markit, disse sobre a estratégia das empresas citadas para as vendas de seus respectivos produtos: “Esse tipo de preço é ótimo para os consumidores e ruim para Apple”.

Tão ruim para a Apple que a Amazon apenas disse que vendeu milhões de seu aparelho Echo Dot durante a temporada de final de ano. O aparelho da empresa até mesmo entrou para a lista do mais vendido na loja online durante o fim do ano de 2017. Já o Google somente disse que o desempenho das vendas foi satisfatório.